Sobrevivendo à Menopausa

Uma das grandes preocupações das mulheres com o avanço da idade está ligada às mudanças do corpo. Porém, não se trata apenas do envelhecimento, mas sim das alterações hormonais que faz com que pensem em um modo de conseguir estar sobrevivendo à menopausa.

Enquanto algumas têm a sorte de não sofrer com nenhum sintoma e passar por esse período de forma tranquila, outras sofrem com as mudanças provocadas e acabam se tornando pessoas amargas. Porém, isso não deve ser um problema que preocupe tanto quem sabe como tratá-la.

O que é o Sobrevivendo à Menopausa?

A menopausa é um período no qual a mulher deixa de ser produtiva, ou seja, não poderá ter mais filhos. Ela ocorre após a última menstruarão, porém, muitas vezes, acaba sendo confundida com o climatério.

Durante o climatério é que ocorre a mudança do período produtivo para o não produtivo, e que surgem os temidos “menopausa sintomas sinais”. Apesar de ser um processo natural do corpo da mulher, muitas vezes não é bem visto pelas histórias que se houve em relação ao sofrimento de muitas.

Estar sobrevivendo a menopausa não será difícil e, ao se aproximar dos 45 anos, não é preciso entrar em pânico. Apesar de não existir uma idade padrão para que a menopausa chegue, ela costuma ser mais comum entre os 45 e 55 anos, porém cada mulher irá ter o seu momento.

Sintomas do climatério

Os sintomas são os que mais preocupam e isso não acontece à toa, afinal podem causar um grande desconforto. O calor da menopausa é o mais comum deles, porém existem outros. Veja uma relação.

Curso Sobrevivendo a menopausa - Menopausa Sem Segredo

Fogacho

Ela também é conhecido como ondas de calor e chega a atingir cerca de 80% das mulheres nesse período. Resultante da redução da produção de estrogênio, faz com que o calor corporal fique desregulado e pode ser bastante duradouro.

O mais comum é que inicie na pré-menopausa e dure até dois anos após o fim dela. A frequência vai depender de cada organismo, enquanto algumas mulheres têm uma onda de calor por dia, outras chegam a ter dezenas.

Quando o fogacho ocorre, se tem uma sensação de calor repentina que dura cerca de 2 a 4 minutos. O calor da menopausa dos principais motivos pelo qual se busca tratamento para menopausa.

Distúrbios do sono

As dificuldades para dormir nem sempre são associadas a menopausa por começarem a se manifestar até sete anos antes. Porém, elas acabam se tornando mais intensas um ano antes do fim da menstruação.

Além da dificuldade para dormir, as interrupções do sono passam a ser mais frequentes e podem fazer que no dia seguinte a sensação de cansaço aumente. Esse sintoma, que pode parecer o resultado de uma rotina agitada, deve ser acompanhado, indicando as mudanças que estão por vir.

Menstruação irregular

As mudanças costumam começar de forma bastante sutil, mesmo antes de se entrar no período de pré-menopausa. Percebe-se a diminuição do fluxo menstrual ou seu encurtamento, mas com o passar do tempo as irregularidades aumentam.

É possível sentir a ausência da menstruação por período maiores, que chegam a 50 dias ou então a sua continuidade por um tempo acima do normal.

Mudanças de humor

Uma coisa que fica bastante nítida e que é influenciada pelos hormônios é a alteração de humor. Na menopausa sintomas sinais, esse fica bastante nítido, uma mulher que está calma pode ficar extremamente irritada sem que haja nenhum motivo aparente.

Ela afeta o emocional muito mais do que a parte física e pode, em um único dia, fazer com que a pessoa passe de uma alegria intensa para uma profunda tristeza.

Alterações na memória

Mudanças na memória podem acontecer e, em alguns casos, são confundidas com um início de Alzheimer, mas o susto não precisa ser tão grande. Isso é resultado das mudanças do nível de estrogênio, que fazem com que o cérebro deixe de funcionar de maneira normal.

Os esquecimentos e lapsos de memória podem ficar mais comuns ainda mais se a pessoa sofrer de depressão ou for deprimida. A concentração também pode ser afetada, assim a pessoa precisará de mais silêncio e isolamento para conseguir concluir uma atividade, por exemplo.

Mudanças no cabelo e unhas

A queda de cabelo pode se intensificar nessa fase, e é comum os fios ficarem mais secos e quebradiços. As unhas também irão sofrer bastante e começam a quebrar e descamar com uma frequência maior.

Essas mudanças estão relacionadas aos níveis de estrogênio e colágeno que sofrem alterações, porém podem ser controlados com uma alimentação mais regrada.

O que os médicos dizem?

Os médicos sabem que todos esses sintomas são bastante comuns e trabalham da maneira a amenizar o desconforto que podem proporcionar. Porém, isso muitas vezes é feito com o auxílio de medicamentos e reposição hormonal, um tratamento nem sempre natural e que pode custar caro.

Em algumas situações, por mais que eles busquem ajudar as pacientes, o sucesso nem sempre é conseguido, já que o estilo de vida acaba interferindo muito nos sintomas da menopausa, sendo preciso aguardar o tempo passar para que os sintomas desapareçam.

menopausa sintomas sinais

Como as mulheres estão sobrevivendo a menopausa?

Se a dificuldade tem sido descobrir como aliviar os sintomas da menopausa, algumas mulheres já sabem como fazer isso. Com o método Sobrevivendo a Menopausa se aprende um passo a passo de como fazer um tratamento 100% natural.

Dessa forma, o tratamento para a menopausa irá aliviar todos os sintomas e melhorar a qualidade de vida de quem está passando por essa fase. Em pouco tempo, já se percebe as mudanças e os resultados são totalmente positivos.

Os ensinamentos do Sobrevivendo a Menopausa são tão satisfatórios que quem utilizou só tem elogios a fazer e o melhor, não sofreu com nenhum efeito colateral. E para garantir que realmente funciona, possui a garantia incondicional de 30 dias. Isso significa que, se não ficar satisfeita, pode solicitar o dinheiro de volta.

Todas as mulheres maduras possam sobreviver ao calor da menopausa sem precisar ficar sofrendo, basta aprender sobre o Sobrevivendo a Menopausa e ser muito mais feliz.

Sobrevivendo a Menopausa
CLIQUE AQUI E REVERTA OS SINTOMAS DA MENOPAUSA

Abaixo você vai conferir o que irá aprender dentro do curso:

Sobrevivendo a Menopausa

Depoimento de quem está Sobrevivendo a Menopausa

Sobrevivendo a menopausa treinamento